Cintas para Malhar – Para que serve, afina cintura, preço, etc

Quando o assunto é a estética, sempre surgem ideias excêntricas. Há as dietas malucas e até exercícios físicos ao extremo. Por isso, na hora de cuidar do corpo, é importante ter atenção tanto a eficácia, quanto à saúde. É visando oferecer estes benefícios, em conjunto, que existem as cintas para malhar – disponíveis, inclusive, na loja da Yoga!

Você provavelmente já ouviu falar nas cintas para exercícios físicos. O acessório virou moda entre as celebridades no último ano, que atestam sua eficácia por meio de fotos nas redes sociais. Comparando o “antes” e o “depois”, é sempre possível perceber uma silhueta mais bonita.

Mas você conhece realmente os efeitos da cinta para malhar? E suas indicações e contraindicações?

O que é a cinta modeladora?

Qualquer cinta modeladora, seja ela para o uso diário ou para a academia, tem como princípio a definição das curvas do corpo. Produzidas com tecido elástico e poroso, as peças têm a capacidade de remodelar toda a silhueta da área em que são utilizadas.

Este efeito acontece graças a realocação das células que a células que a cinta realiza. Afinal, as células de gordura localizada do corpo, chamadas adipócitos, são mais suscetíveis à mobilidade. Devido a esta característica, o tecido da cinta consegue deslocar os adipócitos e realoca-los em outra região, formando assim um a cintura, abdômen, pernas e até mesmo braços mais bem definidos.

O resultado depende, obviamente, do tipo de cinta utilizada. O tipo mais comum e procurado para o acessório é o que envolve o abdômen. Com ela, os “pneuzinhos” não mais existem, uma vez que as gordurinhas são levadas a outra área.

Uma vantagem desta realocação de células é que a cinta modeladora serve como uma forma do corpo. Utilizada diariamente, ela realiza a remodelagem de acordo com o que seria o normal da silhueta, uma vez que o quadril habitualmente define no tipo de corpo da mulher.

Além deste efeito em longo prazo, uma cinta modeladora apresenta um visual mais definido. Vestida sob a roupa, ela esconde pequenas imperfeições, enquanto age para a reorganização permanente das células.

Mas os benefícios do modelador vão além. Promovendo leve pressão durante seu uso, o acessório oferece leve massagem relaxante pelo corpo. Ademais, há a melhora da circulação sanguínea, o que traz resultados diversos.

A primeira vantagem desta vantagem é a diminuição da flacidez. Com maior volume de sangue circulando, o corpo tem sua capacidade de regeneração das células “problemáticas”. Associado a este efeito, há ainda a melhora na drenagem linfática, o que combate e previne celulites e deixa marcas de estrias mais leves.

Kelly Key usando cinta Yoga

Cintas para malhar: por que usar?

Imagine, então, um acessório que consiga potencializar todos os efeitos já citados, somados a outros que melhoram a prática física. Esta é a cinta modeladora para malhar! O acessório envolve sempre a região do abdômen, indo da coluna à parte de baixo do busto.

A cintura ideal do corpo humano é uma busca constante na estética. Para mulheres, ele gira em torno dos oitenta centímetros, enquanto para homens, a medida fica em noventa centímetros. Para atingir a meta, é sempre uma boa pedida manter alimentação saudável e deixar o sedentarismo de lado. Associar os hábitos à cinta, então, é ainda mais eficaz. Principalmente durante a prática física.

Quando utilizada na academia, ou mesmo nos exercícios ao ar livre, a cinta para malhar tem seu efeito modelador potencializado. Afinal, este é um dos objetivos do exercício, e o modelador serve como forma para a silhueta ideal que o usuário busca.

Desta forma, a definição dos músculos também é potencializada. Colocando leve pressão sobre as costas e abdômen, o acessório obriga o tecido muscular a se esforçar um pouco mais, definindo-o mais rapidamente do que nos indivíduos que não utilizam a cinta.

A peça também é um auxílio eficaz na manutenção da postura. Tal qual no uso diário, o acessório mantém a coluna ereta, auxiliando em atividades como o levantamento de peso e até mesmo durante os alongamentos pré e pós ginástica.

Um treino completo deverá sempre ser indicado e acompanhado para um profissional médico e de Educação Física. Isso porque apenas especialistas saberão indicar o exercício mais adequado a cada tipo de corpo.

Considere, por exemplo, que você decida, por conta própria, iniciar a prática da corrida. Sem saber, você pode já conviver com o desgaste do joelho, que poderá ser agravado pela atividade escolhida. Por isso é fundamental conhecer a capacidade do corpo antes de colocá-lo em ação.

Em geral, é sempre interessante intercalar exercícios aeróbicos, ginástica localizada e exercícios para gastos calóricos.

Além disso, é preciso obrigatoriamente associar a cinta a um tênis confortável e a roupas próprias para a academia. Os tecidos de cada veste são preparados especialmente para flexibilidade de movimentos que o esporte exige.

Por este motivo, o tecido das cintas modeladoras são leves e permitem a transpiração normal da pele. Assim, o atleta não sofre com o aumento da temperatura, nem desenvolve alergias na pele devido ao suor.

Quem pode utilizar o modelador?

Não existem muitas contra indicações contra o uso da cinta para malhar, mas é sempre preciso tomar cuidado com sua utilização. Afinal, o acessório precisa estar no tamanho correto.

É comum que usuários, buscando efeitos mais rápidos e visíveis, escolham utilizar um modelador mais apertado do que as curvas do seu corpo exigem. Supostamente, a prática garantiria uma cintura mais fina, e uma silhueta ainda mais bela. Entretanto, esta ideia é completamente falsa.

Utilizar uma cinta menor que o ideal não traz benefício algum. No momento do exercício físico, menos ainda. Quando muito estreita, a cinta para malhar pode causar tanto problemas musculares, quanto de respiração ou mais graves.

Pelo aperto em excesso e a constante movimentação do músculo no esporte, os tecidos musculares podem se atrofiar, sofrer lesões e espasmos. A ruptura de suas fibras também não é incomum.

Já os problemas de respiração podem ocorrer devido à falta de oxigênio. Em movimento, o corpo requer maior quantidade do gás no organismo, para que mantenha o seu bom funcionamento. Uma cinta aperta comprime o abdômen, e prejudica inspiração e expiração. Além da dificuldade em respirar, o esportista pode sentir dor nos músculos, aperto na região do pulmão, tontura e, em casos mais extremos, desmaio.

Os movimentos repetitivos da ginástica podem igualmente causar dores que aparecem gradualmente nas costas. Em maior intensidade, a torção ou curvatura constante da coluna, principalmente quando feito de forma inadequada, pode levar à lesão de uma articulação ou músculos A dor, então, poderá surgir em forma de agulhadas, aos poucos, podendo se intensificar e levar a problemas mais sérios.

As consequências para a coluna, desta forma, podem ser preocupantes. A pressão na área é responsável por problemas como hérnia de disco, dores na coluna, escoliose – que consiste no curvamento da espinha para o lado – e diversos outros que prejudicam a qualidade de vida do consumidor.

Causando ainda a diminuição da circulação sanguínea, a cinta modeladora muito pode levar ainda a varizes. O problema estético deixa “marcas de veias” na pele.

Até mesmo a compressão dos órgãos abdominais pode acontecer, prejudicando o funcionamento de rins, fígado e outros. Assim como a pele, que pode ganhar marcas e feridas pela fricção do tecido sobre a pele.

A conclusão é simples: quando utilizada corretamente, a cinta é eficaz e traz belos efeitos às curvas do corpo. Quando não, não há benefícios, apenas más consequências.

Por isso, é essencial utilizar a cinta para malhar no tamanho certo. Caso perceba que a peça causa “dobras” nas costas, é melhor aumentar o número do acessório. Do contrário, todos os malefícios da prática acabarão por anular seus benefícios.

Na hora da compra, então, conte com ao auxílio de um especialista, ou realize as medidas da peça. Conhecer a medida do seu abdômen poderá ajudar principalmente na compra online.

Além deste cuidado, é interessante que mulheres gestantes não utilizem cintas para malhação. Como seu corpo está em constante movimento, graças ao crescimento da barriga, a cinta específica para malhar pode prejudicar o corpo.  

Para as grávidas, há modelos específicos. Os acessórios auxiliam na manutenção da postura, dão suporte para carregamento do peso “extra” e ainda melhoram a circulação do sangue pelo corpo, evitando estrias e flacidez.

Os exercícios para este público também costumam ser diferentes, mais leves, preocupados com a saúde da mãe e bebê. Por isso, a gestante deve ter total acompanhamento do especialista, que saberá indicar exercícios próprios para este período. Habitualmente, o Yoga é um dos preferidos, uma vez que promove a flexibilidade e o fortalecimento muscular.

R$158.00

5x de R$31.60

ou R$150.10 à vista no boleto

R$158.00

5x de R$31.60

ou R$150.10 à vista no boleto

R$158.00

5x de R$31.60

ou R$150.10 à vista no boleto

R$158.00

5x de R$31.60

ou R$150.10 à vista no boleto

R$158.00

5x de R$31.60

ou R$150.10 à vista no boleto

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS CINTA FITNESS

O pós-treino

Após a prática da atividade física e uso correto da cinta, o consumidor pode potencializar os efeitos do acessório do corpo. Primeiro, realizando relaxamento muscular. Como sofreu grandes impactos durante o esporte, os tecidos precisam ser alongamos, para voltarem a seu estado normal.

Em seguida, uma boa pedida é utilizar a cinta modeladora comum, de uso diário. Os efeitos visuais imediatos do acessório são poderosos, e te farão ter maior ânimo quanto à continuidade da academia. Afinal, os efeitos dos exercícios demoram algumas semanas para aparecer, mas perceber visualmente uma mudança, mesmo que preliminarmente apenas com a cinta, te manterá motivada.

Associando ainda os dois modeladores, seus resultados se completam. Sua autoestima e autoconfiança só ganharão!

2 thoughts on “Cintas para Malhar – Para que serve, afina cintura, preço, etc

  1. Mila Torres says:

    Nossa que maravilha de matéria. Fique feliz em obter essas informações preciosas. Vou me inscrever nesse site e aguardar cada postagem com ansiedade. Grata!

    • Suporte Yoga
      Suporte Yoga says:

      Oi Mila! Que ótimo ter leitores assim! Nós que agradecemos sua participação! Com certeza iremos postar mais sobre dúvidas que envolvem cintas abdominais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *