Qual a melhor cinta modeladora?

juju salimeni usando cinta modeladora

Não existe um corpo ideal para todos os indivíduos. Afinal, felizmente os padrões de beleza mudaram ao longo dos anos, e a silhueta perfeita vai de cada um. No entanto, é comum que haja uma pequena insatisfação com aquela “gordurinha” a mais, que você desejaria que sumisse de pronto. Parece algo impossível, não é mesmo? Só que não é! Você só precisa contar com uma boa cinta modeladora.

A cinta modeladora é um acessório que auxilia tanto na estética, quanto na saúde. Mas é preciso escolher uma peça bem-feita. Uma boa cinta tem, primeiro, tecido elástico, fibroso e, principalmente poroso. Essas características garantem que o modelador se ajuste ao corpo, seja confortável e ainda permita a correta respiração da pele.

Considere que uma cinta modeladora, em seu principal tipo, é semelhante a um espartilho de séculos passados. Ela envolve a cintura do usuário, e assim deve permanecer por pelo menos oito horas diárias. O período é o mais indicado para resultados imediatos e a longo prazo. Logo, a peça precisa ser confortável. Por isso, o tecido elástico é essencial, pois não aperta em demasiado, mas sim garante pressão leve e característica do acessório.

Por esse período de oito horas, ou qualquer outro, é também fundamental que a cinta não esquente. Do contrário, o suor pode causar coceira e alergias. Assim, a melhor cinta possui pequenos poros. Os “furinhos” no tecido possibilitam que a pele respire, e o suor liberado pelo corpo será logo evaporado. É o que faz, por exemplo, as peças da Yoga. Cada modelador é projetado com tecido eficaz e preparado para o conforto em qualquer clima!

Use o cupom MELHORCINTA para ganhar 10% de desconto!

CLICK AQUI PARA VER TODAS AS CINTAS

Silhueta delineada em um piscar

Como já citado, o modelador mais eficaz é aquele que proporciona efeitos imediatos e a longo prazo. Primeiro, o resultado instantâneo: o efeito é aquele em que, vestindo a cinta, o indivíduo apresenta uma silhueta com curvas mais definidas. Isso acontece graças ao tecido da peça, que esconde os “pneuzinhos” e “gordurinhas”.

Assim, utilizando uma cinta, você pode facilmente vestir uma roupa mais justa, e as curvas que geralmente lhe incomodam estarão melhor definidas. O efeito visual é bastante bonito, e sua autoestima é também potencializada pelo acessório.

A delimitação dessas curvas ocorre devido à mudança de local das células de gordura. O efeito é semelhante a prender um elástico mais apertado no braço. As células do local do elástico são deslocadas, e então tomam lugar na área lateral do acessório. Isto é, elas mudam de posição, utilizando o elástico como uma espécie de forma que as direciona para outro local.

A cinta, com essa mesma base, cria uma silhueta torneada, bem definida, e diminui as medidas do corpo. Ela funciona exatamente como uma forma, colocando as células de gordura, imediatamente, em outro local. Logo, o indivíduo consegue perceber até dois números a menos! Ou seja: se você utilizava uma calça número 40 e escolher o modelador de cintura, em pouco tempo estará usando roupas 38!

No entanto, esse efeito imediato deixa de existir assim que o sujeito retira a cinta. Uma vez que não há mais forma para realocá-las, as células voltam a seu local de origem, como a cintura.

O “milagre” da redução de medidas

Já o efeito à longo prazo do modelador é a redução de medidas. Graças ainda ao tecido da peça, o uso contínuo do acessório consegue realocar as células de gordura definitivamente. Isso significa que a gordura localizada é, por exemplo, deslocada da cintura e posicionada em outra área do corpo, como as costas.

É importante destacar, no entanto, que os modeladores não levam à perda de peso. A perda de peso é percebida na balança, enquanto a redução de medida pela cinta é medida com a fita métrica. De qualquer forma, porém, quando associa o uso do modelador com mudanças nos hábitos alimentares e a prática de atividades físicas, o usuário facilmente poderá perder peso e medidas.

Para todos os resultados, é essencial utilizar o tamanho adequado de modelador. Por vezes, o indivíduo prefere utilizar um tamanho menor, acreditando que dessa forma a redução de medidas será mais rápida. Entretanto, não há benefícios nessa prática. O uso do acessório muito justo pode comprimir a parte inferior do tórax, causar problemas na circulação sanguínea e até falta de ar. A regra é simples: uma cinta deve massagear e comprimir, e não apertar.

Cinta oferece bem-estar diário

Existem ainda outros benefícios da utilização da cinta modeladora. Quando a peça comprime o corpo, ela consegue também ativar a circulação sanguínea. Dessa ativação, toxinas são mais facilmente levadas aos vasos linfáticos e, assim, liberadas pelo organismo.

Muitas dessas toxinas são comuns em problemas estéticos como a celulite – é pela acumulação de gordura e líquidos que os furos aparecem. Dessa forma, como promove a liberação desses líquidos, a cinta modeladora tem igualmente o poder de diminuir esses incômodos estéticos;

Graças à circulação sanguínea, as estrias também são prevenidas e combatidas. Isso porque a circulação auxilia na renovação das células, e assim diminui a intensidade das linhas.

Outro efeito da circulação é o relaxamento do corpo. Associado ao efeito da própria compressão do tecido, os músculos recebem uma leve massagem durante o uso do modelador. Dessa forma, o usuário sente maior bem-estar e disposição no dia a dia.

Os benefícios da cinta modeladora podem também ser percebidos na diminuição da flacidez da pele. Quando emagrece, o indivíduo geralmente apresenta “peles soltas”, flácidas. Com o uso da peça modeladora, ele consegue auxiliar o corpo na retração dessas camadas, e assim obtém uma aparência mais bonita.

Use o cupom MELHORCINTA para ganhar 10% de desconto!

A melhor cinta modeladora

Na hora de definir a melhor cinta modeladora, além dos benefícios, é importante ainda analisar o objetivo de seu uso. Isso uma vez que existem diversos modelos da peça, cada qual direcionado à uma parte do corpo.

As mais comuns são as peças que envolvem a cintura e quadril. Muito semelhantes a espartilhos, elas são as preferidas principalmente das mulheres, pois definem a silhueta de forma estonteante. Além das cintas mais simples, apenas com tecido, há ainda aquelas com as chamadas barbatanas, que tem resultados potencializados.

Na Yoga, as barbatanas das peças são flexíveis. Isso significa que elas não marcam, nem apertam. O incômodo é muito comum nos acessórios de outras fabricantes, uma vez que as barbatanas são rígidas e feitas de metal.

Há também modeladores de corpo inteiro. Nesse caso, a peça envolve ombros, busto, cintura, nádegas e pernas. Assim, todos os benefícios das cintas são expandidos pelo corpo como um todo: a circulação sanguínea aumenta, estrias e celulites são combatidas, e a gordura localizada deixa de incomodar!

Há modelos ainda para mulheres grávidas. Nessa época da vida, além de todos os efeitos comuns, a mulher ganha na manutenção da postura. Afinal, devido ao peso “extra” do feto em crescimento, é comum que o corpo feminino seja inclinado para frente. As consequências são a má postura, dores nas costas e dificuldade em manter o peso do corpo equilibrado. Ao, então, utilizar o modelador, a gestante recebe da peça apoio para a postura, e assim consegue realizar suas atividades diárias.

Modelos por época e atividade

Após a gestação, a mulher também pode contar com as cintas. O acessório é interessante nesse período porque ajuda na recuperação do corpo, que tenta trazer a pele “de volta ao normal” e a combater as marcas deixadas pelo processo de crescimento da barriga. Ao mesmo tempo, muitos dos produtos Yoga contam com abertura para a amamentação, permitindo o fácil deslocamento do seio para alimentação do bebê.

Por último, há chamada a cinta modeladora fitness. Esse acessório é indicado para uso durante a realização de atividade física. Veja: a cinta é um acessório ideal para o dia a dia porque é com o movimento do corpo que ela age. É com o movimento que as células se deslocam melhor. Por isso, não é interessante utilizar a peça durante a noite, porque os resultados serão mínimos.

Partindo desse preceito, ao utilizar uma cinta própria para o exercício físico, o indivíduo tem todas as funções da peça potencializadas. O modelador fitness comprime uma área determinada, geralmente o abdômen, e assim modela melhor a circunferência da área. A silhueta mais bonita já seria percebida com a prática física, mas o uso da cinta torna os resultados ainda mais rápidos! Como ainda comprime os músculos, a peça da mesma forma potencializa o fortalecimento destes.

A melhor cinta modeladora

Finalmente, é essencial observar a aprovação da cinta escolhida pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O órgão é responsável por analisar as peças e regular apenas aquelas eficazes e sem nenhum tipo de prejuízo à saúde do consumidor. Os acessórios Yoga, todos eles, contam com essa aprovação.

De qualquer forma, antes de comprar uma cinta modeladora, não se esqueça de verificar cada um dos benefícios e características aqui citados. Além de reduzir medidas, o acessório deve ser confortável, bonito e não marcar por baixo da roupa.

É importante lembrar que, apesar do que pode achar o senso comum, as cintas modeladoras não são exclusivas para mulheres. Há diversos modelos pensados exatamente para os homens, e que trazem as mesmas vantagens. O público plus size também conta com peças desenvolvidas especialmente para ele, e essa exclusividade garante eficácia de efeitos para todos os tipos de silhueta.

A melhor cinta modeladora é, desse modo, aquela que atende exatamente ao seu objetivo. Para eleger a mais interessante ao seu corpo, você pode sempre contar com a Yoga!

Nossos consultores estão disponíveis, inclusive, para o auxílio na escolha do tamanho da peça!

Use o cupom MELHORCINTA para ganhar 10% de desconto!

CLICK AQUI PARA VER TODAS AS CINTAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *